13 de maio de 2011

#Tablets abrem caminho nas corporações

Ultimamente a plataforma deixou de ser um simples desejo de consumo e entretenimento e passou a ser considerado como uma ferramenta imprescindível para o negocio. O que se constata muito claramente é a adoção dos devices por distintos nichos de mercado, busca essa objetivada pela procura e necessidade de diferenciar a oferta de seus produtos e/ou serviços ou pura e simplesmente: inovação, pois inovar é necessário.

Mas não foi apenas nas corporações que os tablets vem se inserindo cada vez mais, a ultima novidade é a adoção nas universidades, mas qual uso pratico e/ou didático a nova tendência pode oferecer !? Quem sabe ate mesmo a substituição do bom e velho caderno? #ThinkAbout

Outra coisa importante a ser destacada é o fato da consumerização, que nada mias é do que a fácil adoção de novas tecnologias. Mas como tudo na vida, tudo se faz necessário primeiro o planejamento, então as empresas precisam avaliar muito bem antes para só mais tarde integrar os novos tablets no dia-a-dia. O que percebe-se é que a adoção ainda não esta madura, mas gradativamente as coisas vão fluindo e respectivamente incentivam o desenvolvimento de novos aplicativos e evolução no hardware para atender as novas demandas.

Muitos são os fatores para serem considerados, mas algo que dou atenção em especial diz respeito ao que tange Segurança da Informação: é imprescindível que se tenha segurança, pois o assunto traz diversas preocupações, como por exemplo: como e quem vai usar, necessidade de perfis diferentes, confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações, plano em caso de roubo/furto de informações entre muitas outras preocupações, como exemplo, apenas para citar mais um: vírus.

Mas antes de tudo isso é necessário informar-se e saber o quanto isso ira custar no final. Seja para o consumidor final ou para a indústria. No Brasil especificamente o custo varia entre R$ 1.200,00 e R$ 1.500,00 (no mercado é possível encontrar esses produtos com valores abaixo e acima do citado). Importante citar também que o preço tende a diminuir em função da expectativa de que em breve o Brasil irar fabricar os próprios devices com apoio de investimentos externos e politica de crescimento do governo (leia mais sobre a Foxconn no Brasil).

Outra forma das organizações operarem com os tablets é o aluguel (modalidade atraente em função de embutir o serviço de conserto e reparo, atualização e seguro), em media isso não sair por menos de R$ 200,00 para cada dispositivo. Um bom exemplo desse ultimo  caso é  a empresa Tecnisa, que ate então alugava os equipamentos (não informado marca/modelo) e em função da satisfação com os tablets, logo trataram da aquisição dos produtos (Galaxy Tab da Samsung, não informado a versão) e deixaram o outsourcing de lado.

A grande aposta é o quanto de fato os tablets serão inseridos no mercado e ao mesmo tempo sua utilização e eficiência no negocio. Os grandes players prometem lançamentos e aperfeiçoamentos ate o final desse ano,  2011.

Deseja saber mais sobre os tablets!? Leia também esses artigos aqui no Think About! :

Recomendação da leitora @EdileiaSB: Assista também vídeo no ValorOnline que aborda o assunto, clique aqui.

Sobre José Ednaldo: Formado em Tecnologia da Informação [Gestão], e editor do Think About!. Livros, Filmes, Histórias em Quadrinhos, Internet e Cultura POP são seus hobbies prediletos. Presente no Facebook no Twitter e disponível em outras >>> Redes Sociais.

Related Posts with Thumbnails
 
▲ TOPO